O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço 1,5; usa uma fonte de 12-pontos; as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre > Submissões .

Diretrizes para Autores

Os artigos devem ser inéditos e redigidos em português contendo título, resumo e palavras chave em português e inglês nas seguintes categorias:

Original: Estudos controlados e aleatorizados, estudos observacionais, bem como pesquisa básica com animais de experimentação. Os artigos originais deverão conter, obrigatoriamente: Introdução, Material e Método, Resultados, Discussão, Conclusão. Seu texto deve ter até 3000 palavras, excluindo-se resumo, abstract, tabelas e referências. O número de referências não deve exceder a 30.

Revisão: A revisão narrativa apresenta caráter descritivo-discursivo. Deve apresentar formulação clara de um objeto científico de interesse, argumentação lógica, crítica teórico-metodológica dos trabalhos consultados e síntese conclusiva. Os artigos de revisão devem limitar-se a 4000 palavras, excluindo tabelas e referências. As referências deverão ser atuais, preferencialmente publicadas nos últimos anos, e em número máximo de 40.

Relato de Caso: Descrição de doenças raras ou nunca descritas, assim como formas inovadoras de diagnóstico ou tratamento. O manuscrito deve conter: Introdução (que situe o leitor em relação à importância do assunto), objetivos da apresentação do(s) caso(s) em questão; relato do caso propriamente dito e Discussão, na qual são abordados os aspectos relevantes e comparados à literatura. O número de palavras deve ser de até 2000, excluindo-se tabelas e referências. O número máximo de referências é 20. Recomenda-se a inclusão de, no máximo, oito ilustrações.

Comunicação: relato de informações sobre temas relevantes, apoiado em pesquisas recentes, subsidiando o trabalho de profissionais que atuam na área, servindo de apresentação ou atualização sobre o tema.

Especial: artigos sobre temas atuais não classificáveis nas categorias anteriormente descritas, os quais o Conselho Editorial julgue de especial relevância para a especialidade e/ou comunidade odontológica. Sua revisão admite critérios próprios, não havendo limite de extensão ou restrições quanto ao número de referências.

PESQUISA ENVOLVENDO SERES VIVOS

Resultados de pesquisas envolvendo seres vivos devem ser acompanhados de cópia do parecer favorável da Comissão de Ética da Instituição de origem ou outro órgão credenciado junto ao Conselho Nacional de Saúde.

Não devem ser utilizados no material ilustrativo, nomes ou iniciais do paciente.

Nos experimentos com animais devem ser seguidos os guias da Instituição dos Conselhos Nacionais de Pesquisa sobre o uso e cuidado dos animais de laboratório.

CONFLITO DE INTERESSE

Devem ser declarados potenciais conflitos de interesse e fontes de financiamento.

APRESENTAÇÃO DO MANUSCRITO

Como parte do processo de submissão, os autores devem verificar a conformidade de seu trabalho em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

O arquivo da submissão deve estar em formato Microsoft Word.

O texto deverá ser digitado em fonte Arial tamanho 12, com espaço 1,5 entrelinhas. A folha deve ser de tamanho A4, com formatação de margens superior e esquerda (3,0 cm), inferior e direita (2,0 cm). Todas as páginas devem ser numeradas a partir da página de identificação. O texto não deve ultrapassar 3.500 palavras incluindo as referências.

DISPOSIÇÃO DOS ELEMENTOS CONSTITUINTES DO TEXTO

Os elementos constituintes do texto devem ser dispostos segundo a sequência apresentada abaixo:

PÁGINA DE IDENTIFICAÇÃO:

Título: título completo em português, devendo ser conciso.

Nome dos autores:

  1. Nome de todos os autores por extenso, indicando o Departamento e/ou Instituição a que pertencem;
  2. Todos os dados da afiliação devem ser apresentados por extenso, sem nenhuma abreviação;
  3. Endereço completo, telefone e e-mail do autor correspondente;
  4. O número de autores de cada manuscrito fica limitado a 6 (seis). A inclusão de mais autores deve ser justificada.

PÁGINA DE TÍTULO, RESUMO E PALAVRAS CHAVE:

Título: título completo em português e inglês, devendo o mesmo expressar, de forma clara e precisa o conteúdo geral do artigo.

Resumo e abstract: todos os artigos submetidos deverão ter resumo no idioma português e inglês, com um mínimo de 150 palavras e máximo 250 palavras. Para os artigos originais, os resumos devem ser estruturados destacando-se objetivos, material e método, resultados e conclusões. Para as demais categorias, o formato dos resumos deve ser narrativo, mas com as mesmas informações. O resumo não deve conter citações e abreviaturas.

Palavras chave e Key-words (termos de indexação): correspondem às palavras ou expressões que identifiquem o conteúdo do artigo. Destacar no mínimo três e no máximo seis termos de indexação em ordem alfabética, utilizando os Descritores em Ciência da Saúde (DeCS) da Bireme >> disponível aqui.

CORPO DO MANUSCRITO

Introdução: deve definir o problema estudado e relevância. Deve conter revisão da literatura atualizada e pertinente ao tema. Ao final da mesma justificar a sua realização e o objetivo.

Material e Método: incluir os procedimentos adotados, universo e amostra; instrumentos de medida e, se aplicável, tratamento estatístico.

No caso de pesquisas clínicas, informar que a pesquisa foi aprovada por Comitê de Ética credenciado junto ao Conselho Nacional de Saúde e fornecer o número do parecer de aprovação.

Ao relatar experimentos com animais, indicar se as diretrizes de conselhos de pesquisa institucionais ou nacionais - ou se foram seguidas qualquer lei nacional relativa aos cuidados e ao uso de animais de laboratório.

Resultados: devem ser apresentados com o mínimo possível de discussão ou interpretação pessoal, acompanhados de tabelas e/ou material ilustrativo adequado, quando necessário. Não repetir no texto todos os dados já apresentados em ilustrações e tabelas.

Discussão: Enfatizar os aspectos relevantes do estudo e comparar com os achados disponíveis na literatura. Incluir implicações para pesquisas futuras. Evidenciar o que foi alcançado com o estudo e a possível aplicação dos resultados da pesquisa; podendo sugerir outros estudos que complementem a pesquisa ou para questões surgidas no seu desenvolvimento.

Conclusão: devem ser precisas e claramente expostas, cada uma delas fundamentada nos objetos de estudo, relacionando os resultados obtidos com as hipóteses levantadas. Não serão aceitas citações bibliográficas nesta seção.

Agradecimentos: podem ser registrados agradecimentos, em no máximo três linhas, dirigidos a instituições ou indivíduos que prestaram efetiva colaboração para o trabalho.

Abreviaturas e siglas: deverão ser utilizadas de forma padronizada, restringindo-se apenas àquelas usadas convencionalmente ou sancionadas pelo uso, acompanhadas do significado, por extenso, quando da primeira citação no texto. Não devem ser usadas no título e no resumo.

FIGURAS

Ilustrações, gráficos, desenhos, quadros, tabelas etc. deverão restringir-se ao absolutamente necessário à clareza do texto e deverão se localizar o mais próximo possível do trecho onde são mencionados, fornecendo a indicação da fonte utilizada. As tabelas deverão ter as bordas laterais abertas.

Todas as figuras (fotografias, gráficos, quadros e desenhos) devem ser referidas no texto, sendo numeradas consecutivamente por algarismos arábicos e devem ser acompanhadas de legendas descritivas. Na apresentação de imagens e texto, deve-se evitar o uso de iniciais, nome e número de registro de pacientes.

O paciente não poderá ser identificado ou reconhecível nas imagens.

As figuras devem ser enviadas em anexo, em extensão TIFF ou JPEG e com uma resolução mínima de 300 dpi. O número máximo permitido será de 4(quatro) figuras.

REFERÊNCIAS

Máximo de 30 por trabalho:

  • Deverão seguir os “Requisitos uniformes para manuscritos apresentados a periódicos biomédicos” (Estilo Vancouver). >> disponível aqui;
  • Os títulos dos periódicos citados devem ser abreviados da forma como são apresentados no Index Medicus (Base de Dados Medline), >> disponível aqui  sem negrito, itálico ou sublinhado;
  • As referências devem ser numeradas consecutivamente por ordem de entrada no texto;
  • Publicações e/ou documentos com até seis autores, citam-se todos; acima de seis autores, citam-se os seis primeiros seguidos da expressão "et al";
  • Referência a comunicação pessoal, trabalhos em andamento e submetidos a publicação não deverão constar da listagem de referências. Citar apenas as referências de relevância para o estudo;

Exemplos de referências:

Livro

Hargreaves KM, Cohen S. Caminhos da polpa. 10. ed. Rio de Janeiro: Elsevier; 2011. 928 p.

Capítulo de livro

Soares JA, Silveira FF, Nunes E, César CAS. Técnicas de termoplastificação da guta-percha. In: Lopes HP, Siqueira Jr JF. Endodontia: biologia e técnica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2010. p. 671-90.

Artigo de periódico

Zenóbio EG, Zenóbio MA, Nogueira MS, Silva TA, Shibli JA. Absorbed radiation doses during tomographic examinations in dental implant planning: a study in humans. Clin Implant Dent Relat Res. 2012; 14(3): 366-72.

Dissertação e Tese

Almeida AM. Alternativas de tratamento para hepatite viral crônica B: análise de custo-efetividade. [Tese]. Belo Horizonte: UFMG; 2011.

Artigo de periódico online

Peruchi CTR, França AB, Bispo CGC, Peixoto IF. Eficácia dos solventes no retratamento endodôntico de obturações realizadas com resilon/epiphany. Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent. [Internet]. 2013 [citado 2013 Dez 13]; 67(1): [cerca de 5p]. Disponível em: http://revodonto.bvsalud.org/pdf/apcd/v67n1/a12v67n1.pdf

CITAÇÃO NO TEXTO

Utilizar sistema numérico único para todo o documento, em algarismo arábico, na forma sobrescrita; números sequenciais - separar por hífen; números aleatórios - separar por vírgula. Citar nome do autor seguido do número de referência somente quando estritamente necessário. Caracteres de pontuação como "pontos" e "vírgulas" deverão ser colocados depois da citação numérica dos autores. No caso de dois autores, devem ser separados por “e”. Mais de dois autores, indicar apenas o sobrenome do primeiro seguido de et al.

Exemplos:

De acordo com Ferreira15 (2004), é prudente que se aguardem estudos longitudinais...

Para Zenóbio e Almeida13 (2005) a escolha de um material...

Silveira et al.22 (2003) destacaram que apesar do...

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.