Análise comparativa da microdureza superficial e profunda de resina composta à base de silorano

  • BERNARDO OTERO GROSSI Cirurgião-Dentista graduado pela Faculdade de Odontologia da UFMG, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.
  • ENIO LACERDA VILACA Professor Associado da Faculdade de Odontologia da UFMG, Departamento de Odontologia Restauradora, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
  • SAMANTA VINAGRE Acadêmica da Faculdade de Odontologia da UFMG, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.
  • EDUARDO LEMOS SOUZA Professor Associado da Faculdade de Odontologia da UFMG, Departamento de Odontologia Restauradora, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
  • ELEN MARISE CASTRO Professor Adjunto da Faculdade de Odontologia da UFMG, Departamento de Odontologia Restauradora, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.
  • RODRIGO RICHARD SILVEIRA FO-UFMG
Palavras-chave: HARDNESS TESTS, COMPARATIVE STUDY, COMPOSITE RESINS, SILORANE RESINS, BIS-GMA

Resumo

Objetivo: Comparar e avaliar, in vitro, a influência exercida pela matriz orgânica e tipos de carga de uma resina composta à base de BIS-GMA e uma resina composta à base de silorano sobre a microdureza Vickers (mV). Materiais e métodos: As resinas compostas utilizadas foram a Filtek P90® (3M) e a FiltekTM 350XT® (3M). Com auxílio de uma matriz bipartida de teflon, foram preparados 10 espécimes para cada resina, analisados em 2 superfícies distintas (topo e base) totalizando 40 análises. Os testes de microdureza foram realizados empregando-se um microdurômetro HMV-2T® (Shimadzu), e a média da mV foi obtida considerando-se as médias das quatro endentações de cada face. Os dados foram submetidos aos testes de análise de variância (ANOVA) e comparação múltipla pelo teste de Tukey. Para medida de significância estatística considerou-se p < 0,05 ou α= 5%. Resultados: Houve diferença estatisticamente significativa entre os valores de mV quando comparado às superfícies Filtek Z350® base e Filtek Z350 XT® topo, Filtek P90® base e Filtek Z350 XT® topo, Filtek P90® topo e Filtek Z350 XT® topo (p < 0,01). Porém os valores das superfícies Filtek P90® base e Filtek P90® topo não foram estatisticamente significativamente diferentes. Conclusões: A distância da fonte de luz em relação à superfície do compósito resinoso, o tamanho e a distribuição das partículas de carga influenciaram a mV do compósito resinoso.

Publicado
2020-12-10
Como Citar
GROSSI, B., VILACA, E., , S., SOUZA, E., CASTRO, E., & SILVEIRA, R. (2020). Análise comparativa da microdureza superficial e profunda de resina composta à base de silorano. REVISTA DO CROMG, 19(1), 6-13. Recuperado de http://revista.cromg.org.br/index.php/rcromg/article/view/151
Seção
Artigos