Avaliação da penetração de agentes clareadores no interior da câmara pulpar de dentes bovinos

  • Suellen De Azevedo Moreira Universidade José do Rosário Velano
  • Vitor Alexandre Marinho
  • Pedro Orival Luccas
  • Grazielle Cabral de Lima
  • Roberta Bessa Veloso Silva
Palavras-chave: Clareamento, Peróxidos, Penetração de Peróxidos

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a possível penetração de agentes clareadores na câmara pulpar de dentes bovinos após terem sido submetidos a diferentes técnicas de clareamento dental. Foram utilizados 50 dentes bovinos que tiveram a porção radicular removida. Cinco grupos foram formados com 10 dentes em cada um, como segue: Grupo controle - sem aplicação de clareador; Grupo 1 - peróxido de hidrogênio a 35%; Grupo 2 - peróxido de carbamida a 10%; Grupo 3 - peróxido de carbamida a 16%; Grupo 4 - peróxido de hidrogênio a 7,5%. A câmara pulpar destes dentes foi curetada, preenchida com água destilada e vedada com fita de teflon. Uma moldeira de acetato foi confeccionada individualizando cada dente para padronização da aplicação dos diferentes clareadores. Terminados os períodos de aplicação dos clareadores, a fita de vedamento foi removida, a água destilada removida com uma seringa e transferida para leitura no espectrofotômetro. Os resultados foram submetidos à Análise de Variância (ANOVA) e depois aplicado o teste de Tukey ao nível de 5% de significância. Os resultados mostraram que apenas dois grupos apresentaram penetração de agente clareador na câmara pulpar.

Publicado
2019-08-01
Como Citar
Moreira, S., Marinho, V., Luccas, P., de Lima, G., & Silva, R. (2019). Avaliação da penetração de agentes clareadores no interior da câmara pulpar de dentes bovinos. REVISTA DO CROMG, 18(1), 13-18. Recuperado de http://revista.cromg.org.br/index.php/rcromg/article/view/7
Seção
Artigos